MPRN denuncia blogueiro João Marcolino por calúnia e difamação a delegado de Caraúbas

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) denunciou o blogueiro João Marcolino Neto por calúnia e difamação. Os crimes foram cometidos contra o delegado de Polícia Civil da cidade de Caraúbas. João Marcolino divulgou informações falsas sobre a atuação do delegado.

O crime de calúnia se dá quando é imputado a alguém um fato falso definido como infração penal. A difamação se configura quando a reputação de alguém é ofendida. Na denúncia, o MPRN demonstra que o blogueiro cometeu os dois crimes contra o delegado em uma live e também no blog dele.

Blogueiro João Marcolino de Caraúbas – foto: Policia Civil de Caraúbas

João Marcolino Neto afirmou que o delegado teria descumprido uma ordem judicial e o o difamou ao dizer que o policial procedia “de pura má-fé”, que “envergonha a Polícia Civil”; “que é uma pena o senhor está se portando de uma forma tão vergonhosa”; “eu espero que o senhor um dia compreenda todas as barbaridades que o senhor está fazendo”. Ocorre que o delegado só foi intimado da decisão judicial no dia seguinte às acusações.

Para ter acesso à íntegra da denúncia do MPRN, clique no link https://drive.google.com/file/d/1Ep72lHLOBrA0U6ndN3sfbS_QMxvceluL/view